22 de dez de 2010

Enfim é Natal! O Capitalismo Reina Novamente


Então é Natal....

"E O QUE VOCÊ FEZ?"
 
Todos os anos eu fico boquiaberto com a forma como o comércio se aproveita de uma data que era pra ser algo belo, que desperte o melhor de cada um de nós e que fosse uma data de união, amor e esperança, mas ao invés disto, o que vemos é a correria das pessoas para se individarem com contas e mais contas, levadas por "promoções imperdíveis" à gastarem seu suado décimo terceiro salário, com coisas que nem sempre vão ser úteis, ou vão durar o quanto deveriam.
Através de uma figura criada puramente para fins comerciais, os grandes nomes do capitalismo levam pessoas a cometerem loucuras financeiras por causa de um tal "Papai Noel" que na verdade, não passa de uma jogada de marketing.

A verdade sobre a tal lenda do "Papai Noel" é que, quando chegava o rígido inverno, os Guerreiros Vikings saíam para caçar, em busca de seu alimento, os mesmos levavam dias e até semanas para regressarem para seus lares.
Quando finalmente encontravam o sustento para suas famílias, os guerreiros retiravam as peles de suas caças, viraram ao avesso e as vestiam, a fim de se protegerem do frio e da neve, ficando assim, exposta a parte interna e ensanguentada da pele.
Por conta também do frio, suas longas barbas ficavam repletas de neve e gelo, e o tal "Saco do Papai Noel"nada mais era do que os pedaços já cortados das caças dentro de sacos, para que fossem transportadas mais facilmente.

Então caros amigos, o tal "Papai Noel", em sua atual forma, nada mais é do que a distorção de um fato para fins puramente comerciais.

Aqui fica meu recado, não se vendam por um falso personagem, não caiam na onda das compras compulsivas por conta de uma comoção coletiva criada pelas grandes lojas com a intenção de lucrar, aproveitando-se dos bônus salariais de fim de ano, lembrem-se: As contas que forem criadas agora, nesta época de comoção generalizada, terão de ser pagas nos próximos meses (ou durante o ano todo).

Protejam seus bens, seu dinheiro, seus nomes e sua dignidade.
Pensem bem antes de criar dívidas desnecessárias, comprometendo todo seu orçamento durante o próximo ano.
Presenteiem-se sim, mas com consciência e responsabilidade.

Tenham um Feliz Natal, e muitos ho-ho-hos.

Peterson Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário