22 de jul de 2011

Rede social do Anonymous é hackeada

Grupo que invadiu o site teria como objetivo retalhar as ações feitas pelos hackers contra endereços do governo turco.



Dois dias após o grupo Anonymous anunciar a criação da rede social AnonPlus, um grupo rival invadiu a página e alterou as informações mostradas. Durante grande parte da última quarta-feira (20 de julho), quem entrava no site era surpreendido por uma mensagem atribuída a hackers identificados pelo nome AKINCLAIR.

Além de realizar alterações nas informações disponíveis na página, os invasores publicaram um novo logo onde um cachorro usando terno se destaca. Confira abaixo o texto publicado, em uma tradução livre:

“Nós somos TURKIYE. Nós somos AKINCLAIR;

Esse logo combina melhor com vocês. Como vocês ousam se levantar contra o mundo? Vocês realmente acham que são o Império Otomano? Nós pensamos que vocês não podem desafiar o mundo e vamos lhes ensinar que (o grupo Anonymous) não pode se tornar social. Agora vão todos para seus canis...”

Akinclair é o nome de um distrito na Turquia, e também é a identidade assumida por um grupo de hackers que costuma invadir sites para publicar mensagens nacionalistas exaltando o país. A palavra também se trata de um termo usado pelo exército otomano, que significa algo próximo a corsários.

Retaliação

A motivação por trás do ataque seria outro ataque feito em junho pelo Anonymous contra sites do governo turco. Os membros do grupo tiraram do ar páginas ligadas ao governo do país, após a aprovação de uma lei que permitia o uso de filtros para bloquear conteúdos disponíveis aos usuários de internet na Turquia.

Aparentemente, o AnonPlus voltou a ser controlado por seus donos originais, e quem acessa o endereço é redirecionado a um fórum de mensagens mantido pelos hackers. Um dos membros do grupo reconheceu o ataque, afirmando que tal ação era a atitude mais ignorante que já havia presenciado.



Os responsáveis pela rede social aproveitaram a ocasião para afirmar que são jornalistas, e não hackers. Segundo a mensagem publicada, o press release divulgado anteriormente tinha como intenção esclarecer que o objetivo do serviço é oferecer um espaço em que qualquer pessoa pode participar sem o risco de sofrer censuras.

Segundo o Anonymous, o ataque não teve qualquer efeito negativo sobre o projeto, e só serviu para provar que grupos nem um pouco anônimos temem o potencial da iniciativa. A mensagem afirma que o objetivo final está cada vez mais próximo, e que nada vai impedir que a rede social seja finalizada.

Fonte: TechMundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário