27 de ago de 2010

Lenovo se prepara para entrar no mercado de videogames


Fabricante criou uma unidade para o desenvolvimento do videogame em Pequim. 40 engenheiros trabalham no projeto.

A fabricante de computadores Lenovo quer, agora, um espaço no mercado dos games. Uma unidade foi criada com o propósito de desenvolver um console para o mercado chinês, o que colocaria a fabricante em concorrência direta com Microsoft, Nintendo e Sony.

Cerca de 40 engenheiros de software foram movidos para a Beijing eedoo Technology, uma empresa do Grupo Lenovo, que está encagarregada de desenvolver o console "eBox", como foi chamado.

Ao que tudo indica, o console terá um sistema de reconhecimento de movimentos da mesma forma que o Kinect, além de um joystick.

A previsão é que uma demo do console seja apresentada em novembro deste ano e o lançamento ocorra em 2011, com um preço abaixo de US$300 (em torno de R$530). Cerca de trinta jogos também irão aparecer para o console no lançamento.

De acordo com o presidente da Beijing eedoo Technology, Jack Luo, em entrevista para o jornal China Daily, o projeto tem foco no entretenimento familiar e pretende inspirar membros da família a fazer exercícios. Uma proposta muito semelhante à do Wii, que possui games voltados para esportes e ginástica.

A meta inicial é que durante um ano o console venda um milhão de unidades na China.
Essa é mais uma tentativa da fabricante deixar de ser exclusiva do mercado de computadores, sendo que em 2009 lançou um smartphone e tem anunciado planos de lançar um tablet.

Fonte: Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário