28 de mai de 2012

Apple aguarda autorização para construir 'campus-espaçonave'


Projeto foi idealizado por Steve Jobs para expressar os valores da empresa.


Divulgação
Projeção da nova sede da Apple em Cupertino
São Paulo - Em uma cruzada para transformar em realidade um dos últimos sonhos de Steve Jobs, a Apple tenta convencer a prefeitura e os moradores da pequena Cupertino, na Califórnia, da sustentabilidade de seu novo – e ambicioso – campus na cidade, projetado para transmitir em sua arquitetura os valores da companhia.
Espaçonave - Comparado a uma espaçonave pelo próprio Jobs, o campus terá o formato circular e ocupará cerca de 40 hectares, adquiridos da Hewlett-Packard (HP) em 2010, em uma negociação estimada em 300 milhões de dólares. Ele abrigará 12.000 funcionários da empresa, será coberto por painéis solares e contará com 6.000 árvores em seus arredores.
O campus também terá um auditório para 1.000 pessoas, onde serão realizadas as apresentações de novos produtos da Apple. Apesar da ousadia do projeto, o campus não será aberto ao público.
Segundo a rede americana CNN, as maiores preocupações dos moradores da cidade de 58.000 habitantes são o tráfego adicional de veículos e o impacto ambiental decorrentes do grandioso empreendimento. A Apple responde que tais problemas estão sendo levados em conta e que o projeto será sustentável. A companhia americana aguarda apenas o sinal verde da prefeitura para iniciar as obras do campus, que deverá ser concluído apenas em 2015.
Segundo o autor da biografia oficial de Jobs, Walter Isaacson, o fundador da Apple esteve intimamente envolvido com o projeto. “Quero um campus que expresse os valores da companhia por gerações”, teria dito Jobs para Isaacson.
Fonte: Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário