28 de mai de 2012

Tablet do Google chega ao mercado em julho, diz jornal


Segundo jornal taiwanês, o aparelho irá rodar Android 4.0, terá 7 polegadas e está sendo desenvolvido em parceria com a Asus.


Aguardado tablet do Google dever ser lançado ainda em julho, segundo informações do Digitimes
São Paulo – O Google anunciou esta semana a conclusão da compra da Motorola Mobility, fabricante de celulares e também tablets. O fato impulsionou a leva de rumores acerca do possível lançamento de um Google tablet (não necessariamente o nome oficial do aparelho) ainda em julho, segundo os taiwaneses do Digitimes.
De acordo com o site, o aparelho está sendo desenvolvido em parceria com a Asus e terá 7 polegadas. A expectativa, disseram fontes ouvidas pela publicação, é que a fabricação inicial seja de 600 mil aparelhos. Um número que deve saltar para 2,5 milhões de unidades.
No começo de 2012, o próprio Digitimes havia divulgado que o tablet do Google custaria 199 dólares. O que poderia transformá-lo em um concorrente de peso para o aparelho da Amazon, Kindle Fire, vendido pelo mesmo valor. Além disso, a versão que irá rodar o gadget do Google será o Android 4.0.
Tablets
A categoria de tablets com tamanhos menores, e geralmente mais baratos, tem sido vista como importante oportunidade por outros fabricantes, como a Samsung, por exemplo. Isso porque, no que diz respeito a categorias superiores, o número 1 continua a ser o iPad, da Apple.
Mas isso não significa que a maçã não está de olho nessa fatia de mercado. Especula-se que a empresa esteja preparando o anúncio de um iPad mini. O aparelho, cujo lançamento está previsto para acontecer ainda em 2012, se encaixaria nesta faixa de tamanho e preço.
Em relação ao Google, é bom lembrar que, com a aquisição da Motorola, além da sua linha de eletrônicos, vêm no pacote todas as patentes e tecnologias de mobilidade da empresa. Mais uma forte evidência de que o mercado pode estar na iminência de receber uma versão com o timbre do Google para esquentar ainda mais a disputa na categoria. 
Fonte: Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário